• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • escola rural
  • 12 de junho
  • Rua Arnaldo Sussekind- II
  • veneno
  • Ciopaer recebe caminhão-tanque doado pelo MPT e pelo TRT de Mato Grosso
  • MPT, MPF e MPE ajuízam ação para proibir uso do glifosato em MT
  • Escola de Rondonópolis participa do projeto de prevenção e combate ao trabalho escravo
  • Dos quadrinhos para as telas: MPT lança desenho animado sobre trabalho infantil
  • Documentário “As recicláveis” destaca a necessidade de contratação de cooperativas de catadores
  • Instituições emitem nota conjunta para alertar sobre os riscos do trabalho infantil
  • Em ato simbólico, MPT e Município de Cuiabá homenageiam jurista e trabalhador rural assassinado
  • Entidades divulgam Nota de Apoio a projetos de lei sobre aplicação e tributação de agrotóxicos
  • Campanha criada pela ANPT quer a valorização do Ministério Público do Trabalho
  • MPT lança Manual de Boas Práticas para promoção de igualdade de gênero no trabalho

MPT-MT visita escola do bairro Santa Isabel

09/09/2019 - Os alunos da Escola Municipal Professor Ranulpho Paes de Barros, no bairro Santa Isabel, em Cuiabá, assistiram, na última sexta (6), a uma palestra sobre a importância do Ministério Público do Trabalho e sobre os temas de atuação prioritária da instituição, como trabalho escravo e trabalho infantil. Ao todo, estiveram na palestra cerca de 50 alunos do 9º ano da instituição de ensino.

A ação faz parte do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC), que tem como objetivo fazer com que professores e alunos se tornem multiplicadores dos direitos e deveres dos cidadãos e saibam como exercê-los, obtendo informações sobre a estrutura e funcionamento do Poder Judiciário e dos órgãos que desempenham funções essenciais à Justiça.

Criado há dez anos pela Associação Nacional de Magistrados do Trabalho (Anamatra), o TJC, coordenado pela juíza Graziele Lima, já percorreu escolas públicas e particulares de Cuiabá, Juína e Rondonópolis.
A escola recebeu, nos meses de agosto e setembro, outros palestrantes, entre eles o delegado Bruno Lima, diretor-adjunto da Academia de Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, e o advogado Marcos Avallone, da Comissão de Direito do Trabalho da OABMT.

O coordenador da escola, professor Manoel Domingos Pinheiro da Silva, comentou a relevância do projeto. “O projeto da Anamatra - Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho, com tema ‘O Futuro do Trabalho Digno e a Importância da Justiça do Trabalho’ e subtemas contidos em palestras, como ‘Menor Infrator’, ‘Trabalho infantil/escravo’, ‘Direitos sociais do trabalhador’, ‘Estágio e aprendizagem’ e ‘Assédio moral’, é importante para os alunos dos 9º anos que estão numa faixa etária de idade e que logo estarão em um emprego ou não, e que muito necessitam aprender e conhecer os temas. O projeto é bom, tem consistência e é de alto nível, pois os palestrantes vieram com uma bagagem para se dedicar e explanar para os jovens”.

Informações: Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT)

Contato: (65) 3613-9165 | www.prt23.mpt.mp.br | twitter: @MPT_MT | facebook: MPTemMatoGrosso

Imprimir

  • banner abnt
  • banner transparencia
  • banner pcdlegal
  • banner mptambiental
  • banner trabalholegal
  • banner radio
  • Portal de Direitos Coletivos