Sorriso recebe audiência sobre uso de agrotóxicos em MT

08/09/2015 - O Comitê Multi-Institucional do Sistema Judicial de Mato Grosso realizará no dia 11 de setembro, às 8h30, no Município de Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá), audiência pública sobre o uso dos agrotóxicos. O evento ocorrerá no auditório da sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) - Subseção Sorriso e contará com a participação de magistrados, promotores e procuradores, representantes do agronegócio e todos os atores envolvidos com a questão, como engenheiros agrônomos, médicos, médicos veterinários, além de dirigentes de organizações não-governamentais e a sociedade civil organizada. Toda a população está convidada a participar.

Continue Lendo

Imprimir

MPT-MT e Luverdense entram em campo contra o trabalho infantil

03/07/2015 - Na última terça-feira (30), o time de futebol de Lucas do Rio Verde entrou em campo não só contra o Ceará, mas também contra o trabalho infantil. Isso porque, a pedido do Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT), os jogadores do Luverdense Esporte Clube vestiram a camiseta da campanha criada pelo Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI).

Continue Lendo

Imprimir

Ações do MPT contra BRF resultam na destinação de R$ 2,2 mi para hospital de Lucas do Rio Verde

12/06/2015 - Um acordo inédito realizado na tarde de ontem (11) na Vara do Trabalho de Lucas do Rio Verde, a 332 km ao norte de Cuiabá, resultou na destinação de cerca de 2,2 milhões de reais para o hospital São Lucas. O montante será empregado na compra de equipamentos, como aparelho de raio X e tomógrafo, utilizados por pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) do município e região.

Continue Lendo

Imprimir

MPT e Município de Sinop discutem inclusão socioprodutiva dos catadores de materiais recicláveis

12/05/2015 - Para discutir a inclusão socioeconômica dos catadores de materiais recicláveis de Sinop, situada a 505 km da capital, o Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) se reuniu, na última quarta-feira (6), com a secretária municipal de Meio Ambiente, Rosimar Ferri, e cobrou medidas do governo para que os trabalhadores possam desempenhar, com dignidade, as atividades relacionadas à coleta seletiva.

Continue Lendo

Imprimir